quais suplementos causam acne

Quais suplementos causam acne Leave a comment

Quais suplementos causam acne?– Na era das redes sociais e da cultura de exposição da própria imagem nelas a preocupação com a estética se faz cada vez maior.

Assim, percebemos as academias cada vez mais lotadas, pois as pessoas querem alcançar o físico mais definido possível, e as clínicas de estética formando filas para atender às necessidades de dieta para atingir bons resultados na academia e para resolver questões que sempre causaram incômodo, mas têm suas proporções aumentadas com esse fenômeno, como é o caso da acne.

Isso acontece porque as pessoas têm a necessidade de expor ao público o que acreditam ser a melhor versão de si, o que é muito atrelado à estética principalmente quando se trata de redes sociais que têm como foco principal a foto, resultando, ainda, em outro aspecto cultural da atualidade: a edição das fotos, que gera uma imagem irreal das pessoas, estabelecendo um padrão estético irreal.

Além disso, ao acompanharem centenas de outras pessoas nessas redes, o contato contínuo com aqueles cujos corpos são uma espécie de meta traz à tona com muito mais frequência a necessidade de se esforçar para alcançar esse objetivo, o que inicia uma corrida em busca da perfeição.

Dessa maneira, ao desejarem potencializar os resultados de seus exercícios físicos e atingi-los de maneira mais rápida, as pessoas procuram cada vez mais por suplementos que cumpram essa função. A questão, contudo, é a respeito dos possíveis efeitos que eles podem provocar, de modo que a estética do físico seja beneficiada, mas a estética da pele, por exemplo, não.

Existe um conhecimento do senso comum que prega o aparecimento de espinhas como consequência do consumo dos suplementos, causando esse desequilíbrio, por isso, nesse artigo vamos discutir essa relação e apresentar as características dos suplementos que podem provocar esse tipo de efeito colateral.

Aqui, responderemos dúvidas como: “O que são os suplementos?”, “Como funcionam os suplementos?”, “Quais são os suplementos?”, “Quais são os tipos suplementos? Para que eles servem?”, “Os suplementos podem apresentar efeitos colaterais?”, “Como é causada a acne: o motivo do aparecimento de espinhas e cravos”, “Como combater a acne?”, “Os suplementos causam acne?”, “Quais suplementos podem causar acne?” e, ainda, concluiremos retomando essas questões para sanar de vez todas esses questionamentos!

O que são suplementos? Quais suplementos causam acne

Quais suplementos causam acne
Quais suplementos causam acne?

Grande parte dos nutrientes que precisamos são obtidos por meio da alimentação, mas em alguns casos, a absorção deles desse mo

do não é adequada ou a concentração desejada não é facilmente encontrada em alimentos, o que levou à criação de uma solução para estes problemas: os suplementos alimentares, que são compostos produzidos artificialmente para repor nutrientes que estejam em defasagem no organismo ou aumentar a concentração deles para potencializar suas funções.

Assim, esses suplementos fornecem vitaminas, minerais, fibras, ácidos graxos e aminoácidos, por exemplo, às pessoas que não consomem as quantidades necessárias na alimentação, e além destes, proteínas e carboidratos aos atletas que desejam melhorar os resultados de seus treinos.

Os suplementos esportivos são cada vez mais procurados devido aos seus benefícios para os treinos dos atletas, o que é um dos grandes responsáveis pelo significativo crescimento do mercado fitness, que movimenta hoje no Brasil mais de 2,1 bilhões de dólares.

Como funcionam os suplementos? Quais suplementos causam acne

Os suplementos, cada vez mais populares nas academias, são conhecidos por potencializarem os resultados dos treinos, sendo importante frisar que apenas o consumo deles isoladamente, sem a prática de exercícios físicos regularmente e a adoção de uma alimentação balanceada, provavelmente não proporcionará os resultados almejados.

No caso dos atletas que objetivam o ganho de massa muscular, por exemplo, é necessário um consumo bastante alto de proteínas, o que nem todos conseguem cumprir por motivos como restrições de dieta e falta de tempo, tornando o consumo de suplementos proteicos uma excelente opção.

Já quando o objetivo é emagrecer, algumas pessoas têm mais dificuldade que outras por questões genéticas e outras desejam que ele aconteça de forma mais rápida, sendo os suplementos termogênicos muito eficientes na aceleração do metabolismo, que intensifica esse processo.

Além disso, muitos destes apresentam propriedades que representam vantagens no sentido do ganho de energia, o que também possui uma nova categoria de suplementos, que geralmente são compostos por vitaminas C e as do complexo B, podendo conter também carboidratos de alto índice glicêmico, de maneira a repor rapidamente o glicogênio, fonte de energia armazenada nos músculos.

Quais são os tipos suplementos? Para que eles servem?

Os suplementos são divididos em três principais categorias: hipercalórico, proteico e termogênico. O suplemento hipercalórico tem alto valor energético, contendo carboidratos e aminoácidos essenciais, ou seja, não produzidos pelo organismo; o suplemento proteico tem grande concentração de aminoácidos essenciais; o suplemento termogênico tem componentes que aceleram o metabolismo, o que facilita a perda de peso e de gordura corporal.

Quais suplementos causam acne
Quais suplementos causam acne?

No grupo dos hipercalóricos, temos como principal a maltodextrina, que contém um concentrado de carboidratos do amido do milho e, por ser absorvida lentamente no organismo, fornece energia durante os treinos liberando glicose, assim, repõe a energia gasta, melhorando o desempenho e evitando fadiga muscular.

Dentre os suplementos proteicos, os mais populares no mercado, o whey protein, a creatina, a albumina e o BCAA. O famoso whey é composto por uma proteína extraída do soro do leite, que fortalece os músculos, melhorando o desempenho nos treinos, e evita que o corpo pare a síntese proteica para sintetizar glicose durante o gasto energético dos exercícios.

A creatina é uma substância que já está presente no organismo, sendo produzida pelos rins e pelo fígado e encontrada também na carne, é um conjunto de aminoácidos que constituem as fibras musculares e participam do processo de produção de energia, aumentando a resistência, além de fortalecer os músculos do atleta e agir, ainda, na regeneração muscular, reduzindo o tempo de recuperação entre um treino e outro.

A albumina é uma proteína da clara do ovo, tendo alto valor biológico e nutricional e ajuda tanto no ganho de massa muscular, quanto na recuperação muscular.

O BCAA (Branched chain amino acids) é um concentrado de aminoácidos de cadeia ramificada leucina, valina e isoleucina, que também são produzidos pelo organismo e estão presentes na carne, estimulam a produção de insulina evitando o catabolismo e impulsionam o crescimento dos músculos.

Por fim, os suplementos termogênicos são aqueles que contêm ingredientes como o guaraná, o gengibre, o chá verde e a pimenta, que possuem a propriedade de acelerar o metabolismo e em alguns casos, aumentar o ganho energético.

Os suplementos podem apresentar efeitos colaterais? Quais suplementos causam acne

A começar pela maltodextrina, ela é de grande ajuda para os que objetivam o ganho de massa muscular, mas para isso, ela acelera a entrada de glicose nas células, o que leva à queda desses níveis no sangue, gerando um estímulo cerebral para subir as taxas novamente, sendo um dos reflexos o aumento do apetite, induzindo a ingestão de alimentos que possam ter essa ação.

Além disso, caso ela seja tomada em quantidades maiores do que o corpo precisa para repor o glicogênio gasto nos exercícios físicos, os excedentes de açúcar são transformados em gordura para fins de armazenamento.

Assim, um dos efeitos colaterais do consumo desse suplemento é o possível aumento de apetite e outro é o aumento da gordura no caso do consumo excessivo, que podem não ser tão bons para os que desejam perder peso, por exemplo.

Quais suplementos causam acne
Quais suplementos causam acne?

Há, ainda, um risco para os diabéticos nesse consumo, pois o consumo excessivo pode também provocar uma hipoglicemia momentânea.

Já o whey protein, quando consumido em quantidades maiores que o necessário, naturalmente, provoca um excesso de proteínas do corpo, sendo as excedentes não absorvidas e, consequentemente, eliminadas na urina, assim como as demais substâncias que o organismo percebe como improdutivas ou nocivas, o que aumenta o trabalho dos rins, podendo gerar uma sobrecarga deles em casos de grande exagero.

Também relacionada à sobrecarga renal, a eliminação dos líquidos do corpo fica prejudicada, o que leva à retenção deles, provocando inchaço. Ademais, por ser produzido à base de uma proteína do soro do leite, o whey contém lactose, o que pode ser perigoso para os intolerantes e alérgicos a esse açúcar, podendo gerar uma série de problemas digestivos.

Além disso, a proteína do soro do leite é rica em somatomedina C, ou IGF-1, um hormônio que estimula a produção de sebo pelas glândulas sebáceas, o que pode levar ao surgimento de acne.

No caso da creatina, ela pode aumentar a produção de urina devido à formação da creatinina, substância em que ela se transforma após fornecer fósforo para moléculas de ATP para produção de energia, que não é útil mais ao organismo, sendo necessário descartá-la.

Assim, o organismo provoca estímulos que geram sede para que seja ingerida uma maior quantidade de água a fim de facilitar a eliminação da creatinina na urina, sendo produzida mais do líquido devido ao maior consumo de água e, consequentemente, um dos possíveis efeitos colaterais é urinar mais.

Devido ao aumento da quantidade de líquido que a pessoa passa a consumir, caso essa quantidade seja exagerada, pode ser que isso provoque uma diarreia, que possivelmente levará a um quadro de desidratação devido à eliminação excessiva dos líquidos, que pode trazer com ela sintomas como febre, tontura e enjoo.

Por fim, outro possível efeito colateral é o surgimento de acne devido ao estímulo das glândulas sebáceas, o que provoca aumento da produção de sebo, o que pode aumentar a oleosidade da pele e ter esse resultado.

A albumina, assim como os demais suplementos e alimentos que contêm alto teor de proteína, pode causar gases e, em casos mais intensos, diarreia, sendo importante não exagerar no consumo.

Ademais, como no caso do whey protein, se consumida em quantidades maiores que as necessárias, gera excesso de proteínas no organismo e, assim, pode sobrecarregar os rins e, nesse caso, provocar também retenção de líquidos e inchaço.

Esse inchaço pode acontecer também ou ser potencializado por causa da grande quantidade de sódio presente na albumina, que também apresenta risco aos hipertensos, anêmicos e aos que possuem varizes esofagianas, edema pulmonar, diátese hemorrágica e anúria renal.

O BCAA pode provocar alterações nos níveis de glicose no sangue, causando hipoglicemias temporárias e, assim como o whey protein e a creatina, caso consumido em excesso, provocar sobrecarga renal e possível inchaço. Além disso, acredita-se que ele pode agravar condições já existentes relacionadas à ELA e ao TOC, por exemplo.

Já os suplementos termogênicos, se consumidos em excesso ou no caso de produtos não aprovados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), podem oferecer riscos relacionados ao aumento da pressão arterial e da frequência cardíaca.

Esses suplementos costumam liberar uma substância denominada noradrenalina, que provoca a contração dos vasos sanguíneos e, consequentemente, o aumento da pressão e a alteração do ritmo cardíaco.

Além disso, por agirem como estimulantes, dando mais energia para a prática dos exercícios, é possível que esse efeito estimulante ocorra em momentos inadequados como os de descanso, provocando insônia.

Como é causada a acne: o motivo do aparecimento de espinhas e cravos – Quais suplementos causam acne

A acne é uma dermatose crônica, ou seja, uma inflamação dos folículos pilossebáceos. Essa inflamação se dá devido à obstrução destes poros por tecidos mortos ou por sebo, sendo as principais causas da acne a falta de limpeza adequada da pele e a oleosidade excessiva.

Assim, quando não é feita uma limpeza adequada os tecidos se acumulam nos poros, os entopem e, dessa maneira, são formados os cravos. Ao sofrerem uma infecção bacteriana, o que é frequente devido à grande presença de bactérias na pele, os cravos sofrem um processo inflamatório e se tornam espinhas.

Isso ocorre de maneira ainda mais intensa no caso das pessoas que utilizam maquiagem, sendo necessário realizar uma limpeza ainda mais profunda depois do uso destes cosméticos a fim de evitar que restem resíduos na pele e eles possam obstruir os folículos.

Esse mesmo processo também ocorre quando as glândulas sebáceas produzem mais sebo que o necessário, sendo ele muito importante para a saúde da pele por impermeabilizá-la e protegê-la, mas provocando esse quadro quando em excesso.

Essa produção excessiva de sebo, que caracteriza a oleosidade, pode ter diferentes causas, como fatores genéticos, desequilíbrios hormonais, que podem ser provocados por disfunções ou pela puberdade, novamente, a ausência de uma limpeza adequada e, ainda, hábitos alimentares.

Como combater a acne? Quais suplementos causam acne

Quais suplementos causam acne
Quais suplementos causam acne?

Como discutido, as causas da acne se relacionam diretamente com a oleosidade e a limpeza da pele. No caso de uma pele oleosa devido a características genéticas, por exemplo, é necessário que seja procurado um médico dermatologista para que ele possa avaliar as especificidades da pele e prescrever o uso de produtos que tratem essa condição, evitando, consequentemente, o aparecimento dos cravos e das espinhas.

No caso da acne advinda da oleosidade por desequilíbrios hormonais, se faz necessário, além de uma possível consulta ao dermatologista, consultar um endocrinologista, de maneira que possam ser resolvidas as questões hormonais que causam a oleosidade e caso não seja suficiente, possam também ser indicados produtos que cuidem disso por parte do dermatologista.

Ainda nos demais casos que não envolvem questões genéticas ou disfunções, é importante consultar um dermatologista para que ele possa analisar as diferentes peles e criar uma rotina de cuidados baseada nas características e necessidades de cada pele para que, além de livre de acne, sua saúde seja preservada ou restaurada.

Até nos casos de peles secas, pode ser que apareça acne devido ao chamado efeito reboot, em que ocorre um ressecamento tão grande que a pele tenta repor a hidratação por meio da produção do sebo e a pele se torne oleosa.

Assim, percebe-se a enorme importância do estabelecimento de uma rotina de cuidados adequada para cada tipo de pele, não só tratando questões como a oleosidade, mas também nutrindo e hidratando a pele.

Por esses motivos, tem se tornado cada vez mais popular o skin care, principalmente rotinas desse tipo que envolvem a beleza coreana, que possui produtos muito aclamados para os cuidados com a pele.

Desse modo, essa geração da imagem perfeita lota cada vez mais as clínicas que possuem profissionais da área e adotam cada vez mais cuidados com a pele, procurando produtos como os da k beauty, que superam os cuidados básicos adotando como prática várias outras técnicas como a aplicação de máscaras faciais.

Os suplementos causam acne? Quais suplementos causam acne

Quais suplementos causam acne – Qualquer aumento de concentração de substâncias no corpo pode ser identificado pelos mecanismos de defesa do organismo como uma disfunção prejudicial, o que ativaria esses mecanismos para que eles produzam uma resposta a essa alteração.

Assim, ao inserir novos componentes como os suplementos, que têm altas concentrações de substâncias, na dieta, é possível que ocorra essa resposta, que se dá na maioria das vezes por meio da produção de gordura.

Dessa maneira, ao fazer uso de suplementação alimentar, principalmente quando ela não é acompanhada de orientação profissional, é possível que as glândulas sebáceas sofram estímulo para aumentar a produção de sebo, o que pode aumentar a oleosidade da pele e provocar a obstrução dos poros, o que leva ao surgimento de acne.

Quais suplementos podem causar acne?

Como explicado, qualquer alteração artificial nas composições dos organismos pode provocar reações de defesa como a produção de sebo, que provoca acne.

Existe, contudo, um deles com maiores indicativos que podem levar à acne: o whey protein, que é composto por uma proteína do soro do leite que acredita-se ser responsável pelo estímulo das glândulas sebáceas percebido após o consumo de laticínios, o que o torna o mais propenso a apresentar esse tipo de efeito colateral.

Conclusão sobre o artigo: Quais suplementos causam acne?

Quais suplementos causam acne – O consumo dos suplementos alimentares pode ser extremamente benéfico para os atletas que desejam melhorar o desempenho nos treinos e os resultados provocados por eles, mas como qualquer outro elemento inserido na dieta artificialmente, pode causar efeitos colaterais e reações indesejadas.

Por esse motivo, se faz de grande importância a consulta de um médico e de um nutricionista para avaliar a aptidão ou não de cada pessoa para consumir os diversos tipos de suplementos de acordo com suas condições e, ainda, obter orientações a respeito das quantidades ideais a serem consumidas e a forma como deve se dar esse consumo caso ele seja indicado, de maneira a evitar efeitos colaterais e reações indesejados.

Além disso, é importante lembrar que grande parte dos possíveis efeitos colaterais que esses produtos podem apresentar são característicos do período de adaptação do corpo aos novos elementos, deixando de ocorrer depois desse estágio inicial.

Especificamente no caso de possíveis efeitos colaterais que causem acne, caso seja do interesse do consumidor desses produtos evitar a acne, se torna ainda mais importante a consulta médica para entender a relação que seus componentes podem ter com essa possível consequência e, assim, possibilitar soluções para driblar isso, que geralmente se baseiam na adoção de uma rotina de cuidados, e, em casos mais raros e extremos, a prescrição de medicamentos.

 

Gostou do nosso artigo sobre “Quais suplementos causam espinha”? No nosso blog temos vários artigos sobre suplementos que podem te ajudar a obter os melhores resultados com treinos e suplementação! Aqui estão alguns que acho que você vai gostar também:

 

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

All search results