glutamina da espinha

Glutamina dá espinha? Leave a comment

 

Glutamina dá espinha?

Nos dias de hoje, principalmente entre as gerações mais novas, em especial a dos millenials, a exposição da própria imagem se tornou algo cultural devido à grande popularidade das redes sociais. Assim, nessa era digital em que tudo é exposto nas redes, além da necessidade de fazer sempre coisas interessantes para compartilhá-las, surge uma preocupação cada vez maior com a estética, a fim de mostrar aos outros a melhor versão de si. Dessa maneira, as preocupações com o físico e com a beleza, que já existiam, sofrem uma intensificação significativa, o que reflete na busca por meios de se encaixar nesse padrão, lotando academias e clínicas estéticas. Glutamina dá espinha

Esse fenômeno tem, ainda, um outro lado: as pessoas têm tido cada vez menos disponibilidade de tempo, sendo o tempo disponível para ser dedicado à academia, por exemplo, bem menor do que o que seria necessário para atingir os objetivos estabelecidos. Por esse motivo, os suplementos têm se tornado muito populares, eles melhoram o desempenho dos treinos, potencializando seus resultados, sendo muito interessantes para as pessoas que levam o tipo de rotina corrida característica da atualidade.

Contudo, como comentado, a preocupação estética, tendo grande importância para isso a pele do rosto, não é deixada de lado em momento algum, o que configura uma preocupação muito grande das pessoas de possíveis efeitos colaterais, como o surgimento de acne, que afetem esse quesito, o que, somado à falta de conhecimento sobre os efeitos e como funcionam os vários suplementos do mercado, pode gerar muitas dúvidas.

Por isso, nesse artigo vamos focar em um suplemento muito popular chamado glutamina e esclarecer questões como: “O que é a glutamina?”, “Como a glutamina age no corpo?”, “Quais são os benefícios do uso da glutamina?”, “Glutamina tem efeitos colaterais?”, “O que são espinhas?”, “Por que as espinhas aparecem?”, “Glutamina causa acne?” e “Onde comprar a melhor glutamina”, acabando de vez com essas dúvidas.

glutamina da espinha
glutamina da espinha

O que é a glutamina ? – Glutamina dá espinha

A glutamina é um aminoácido não essencial, sendo sintetizada pelo próprio organismo a partir de outros aminoácidos, como a valina e a isoleucina e do ácido glutâmico e produzida pelo fígado. Ela é a forma mais abundante de aminoácido encontrada no corpo, principalmente no tecido muscular, e é um dos aminoácidos codificados pelo código genético, sendo, assim, um dos componentes principais das proteínas. Como muitos outros aminoácidos, a glutamina é dividida, ainda, em dois grupos: L-glutamina e D-glutamina.

 

Como a glutamina age no corpo? Glutamina dá espinha

A glutamina tem funções essenciais no organismo, tais como a manutenção do sistema imunológico, o equilíbrio do pH sanguíneo, a regulação da síntese e da degradação de proteínas, o controle do volume celular, a desintoxicação corporal do nitrogênio e da amônia, a precursão do nitrogênio para a síntese de nucleotídeos e o controle entre o catabolismo e o anabolismo.

A ação da glutamina no sistema imune é relacionada ao equilíbrio das células fagocitárias quando ocorreria uma defasagem dessas células responsáveis pelo combate a infecções, servindo como combustível para a produção de anticorpos e para a duplicação celular durante a presença de corpos estranhos. Em relação ao controle da acidez e basicidade do pH do sangue, ela fornece nutrição aos rins para que eles liberem H+ e proporcionam a eliminação do H+ na urina por meio de sua quebra nos túbulos distais, partes dos néfrons.

Por ser constituinte essencial das proteínas e participar ativamente na síntese dos demais aminoácidos, a glutamina está também relacionada à regulação da síntese proteica, o que acontece devido à sua função anabólica, que está associada à capacidade de levar água para o interior das células, controlando o volume celular e favorecendo a síntese de proteínas. Já a desintoxicação corporal diz respeito à condução do nitrogênio excedente no organismo ao fígado, para que ele seja transformado em ureia e, assim, eliminado na urina, evitando a formação de amônia. Além disso, por ser precursora no nitrogênio, a glutamina é parte fundamental para a síntese de nucleotídeos.

 

Quais são os benefícios do uso da suplementação de glutamina?

Assim, os atletas que objetivam o desenvolvimento da musculatura procuram complementar as quantidades já existentes no corpo por meio dos alimentos que a contêm, geralmente os de origem anima devido à concentração proteica, e de suplementos de glutamina para aumentar ainda mais a concentração dela no organismo e, assim, intensificar o resultado de suas funções. O suplemento de glutamina pode ser composto tanto pela L-glutamina, quanto pela D-glutamina, sendo a maioria deles composto pela primeira, que acaba sendo chamada puramente de glutamina por esse motivo.

Dessa maneira, a glutamina pode ajudar de diversas maneiras na potencialização dos resultados dos treinos, pois, ao transportar o nitrogênio para a formação dos aminoácidos, age no favorecimento do anabolismo, processo constituidor dos tecidos musculares, e na regulação do catabolismo, que faz o caminho inverso decompondo moléculas mais complexas como as dos tecidos para que elas sirvam como fonte energética para o corpo. Ao praticar exercícios físicos intensos, apesar do estímulo à hipertrofia muscular causado pela recuperação das microlesões, esse processo é regredido pelo catabolismo, que, devido ao grande gasto energético, provoca a decomposição das moléculas, sendo assim de grande importância para o crescimento dos músculos a presença da glutamina.

O suplemento é importante principalmente nos casos de atletas que praticam atividades de esforço intenso e duração maior, pois isso leva ao consumo da substância já presente no corpo, o que pode causar fraqueza imunológica devido ao papel fundamental dela no funcionamento do sistema imunológico, sendo assim possível evitar isso ao fazer essa reposição.

Além disso, a suplementação de glutamina pode ser também de grande ajuda fora do âmbito do ganho de massa muscular, como no tratamento de doenças que atacam a imunidade como o câncer, que afeta a defesa do organismo e a AIDS, doença autoimune que enfraquece muito o sistema imunológico, e, ainda, de disfunções associadas a problemas intestinais, pois esse aminoácido é a principal fonte energética da mucosa intestinal, favorecendo sua regeneração.

 

Glutamina tem efeitos colaterais? Glutamina dá espinha

A glutamina é um aminoácido já presente no corpo, tendo sua concentração aumentada por meio da ingestão dos alimentos que a contêm, o que a configura como uma substância segura. Contudo, ao iniciar o uso do suplemento de glutamina, aumentando ainda mais a concentração dela no organismo, assim como no caso de qualquer outro elemento inserido na composição do organismo de maneira artificial, ela pode causar reações. O uso indiscriminado do suplemento pode causar desequilíbrios no corpo, justamente o oposto da função exercida por ele, sendo necessária a ação de defesa do corpo em busca de reequilibrar o meio, sendo consequentes dessa ação alguns possíveis efeitos colaterais. Um dos principais mecanismos de defesa do corpo se dá por meio da produção lipídica, que pode se dar por meio do estímulo das glândulas sebáceas, o que pode provocar um aumento da oleosidade da pele.

 

O que são espinhas? Glutamina dá espinha

glutamina da espinha
glutamina da espinha

As espinhas são uma questão preocupante na vida de muitos, principalmente entre os adolescentes. Elas são parte do processo da formação da acne, dermatose crônica, que se inicia com a obstrução dos folículos pilossebáceos, por onde é liberado o sebo, importante para a saúde da pele por protegê-la e impermeabilizá-la. Ao se obstruírem esses poros, surgem os cravos, primeiro tipo de manifestação da acne, que, ao sofrerem uma infecção bacteriana, sofrem um processo inflamatório e dão origem às espinhas.

 

Por que as espinhas aparecem?

A obstrução dos poros, que dá origem à acne, se dá quando a limpeza da pele não é feita adequadamente, deixando resíduos que podem entupir essas saídas do sebo, ou a produção excessiva do próprio sebo, que gera uma pele oleosa e faz com que ele se acumule nos poros, entupindo-os. A ausência de uma limpeza da pele adequada, ainda, provoca também o aumento da oleosidade, o que pode intensificar esse processo, levando ao aparecimento de mais acne. Além disso, é possível que a pele seja ou esteja oleosa por diversos motivos, como fatores genéticos e disfunções hormonais causadas por distúrbios ou pela puberdade, por exemplo.

 

Como evitar a acne?

Assim, o surgimento da acne pode ser evitado principalmente ao se adotar cuidados com a pele, não só fazendo sua limpeza adequadamente, mas também fornecendo a ela o que ela precisa para se manter saudável, podendo isso ser apontado por um dermatologista. A consulta ao dermatologista se faz muito importante nesse caso porque ele é capaz de avaliar as características de cada pele e, assim, formular rotinas de cuidados específicas que atendam às necessidades individuais. No caso das pessoas que possuem pele oleosa devido a fatores genéticos ou hormonais, nessa rotina de cuidados serão incluídos produtos que ajudem no controle da oleosidade e é indicado como fazer o uso adequado desses produtos, evitando, por exemplo, um efeito reboot, em que a pele passa a produzir mais sebo para tentar compensar o ressecamento.

As pessoas de pele oleosa tendem a temer o uso de hidratantes por pensarem que ele pode intensificar esse fator, mas um dermatologista pode indicar esses produtos com fórmulas não oleosas, para que a pele se mantenha saudável e hidratada e não ocorra o efeito reboot. A hidratação é importante sempre e em todos os tipos de pele, mas além da feita externamente por meio dos hidratantes, é importante se hidratar internamente, consumindo muita água, o que, além de hidratar a pele, mantendo-a saudável, ajuda na eliminação de resíduos, o que pode ajudar a evitar a formação de acne que acontece devido ao acúmulo deles. Dessa maneira, se faz de extrema importância a adoção de uma rotina de cuidados com produtos indicados para cada pele.

 

Glutamina dá espinha

A glutamina especificamente não tem como efeito colateral direto o aparecimento de cravos e espinhas, pois é um aminoácido produzido pelo próprio organismo e consumido também por meio de diversos alimentos. Ao aumentar a concentração da substância no corpo de maneira indiscriminada, entretanto, é possível que o desequilíbrio provocado estimule uma reação de defesa do organismo, que pode ser a produção de gordura em forma de sebo, o que aumenta a oleosidade da pele, aumentando a possibilidade do surgimento de acne por uma possível obstrução dos folículos com o aumento da produção do sebo.

 

Onde comprar a melhor Glutamina?

Estamos há mais de 5 anos no mercado trabalhando com os suplementos de melhor qualidade e com os melhores preços. Prezamos pela garantia da procedência dos nossos produtos para que o consumo dos nossos clientes seja seguro e eles obtenham os melhores resultados.

 

Conclusão sobre o artigo: Glutamina dá espinha?

Desse modo, é perceptível a necessidade da orientação profissional para o consumo de qualquer substância inserida artificialmente no organismo, mesmo que esta já esteja presente nele, assim evitando possíveis efeitos colaterais e reações indesejados. No caso da glutamina, a principal preocupação em relação às consequências desse consumo tende a ser a acne, cuja formação pode ser evitada se o consumo do suplemento seja indicado e acompanhado por médicos e nutricionistas, de maneira que as quantidades e a maneira em que o produto será consumido sejam adequadas e o corpo o aproveite da melhor maneira e não o entenda como uma disfunção a ser combatida.

 

Gostou do nosso artigo sobre “Glutamina dá espinha?”? No nosso blog temos vários outros artigos sobre diversos assuntos a respeito do mundo dos suplementos e, por isso, convidamos você a conhecê-lo um pouco mais! Separei especialmente para você alguns dos outros artigos que acho que vai gostar:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

All search results