Creatina faz urinar muito? Sim ou não? Leave a comment

Creatina faz urinar muito? Sim ou não? – A creatina é um dos suplementos mais populares consumidos por praticantes de musculação. Juntamente com o BCAA e, claro, o Whey Protein, esse produto é o mais encontrado em lojas especializadas em musculação.

Indiscutivelmente, a creatina pode oferecer uma série de benefícios para os seus consumidores. No entanto, assim como grande parte dos suplementos, há efeitos colaterais que podem ser incômodos para algumas pessoas. No caso da creatina, muitos consumidores reclamam que, após começar o consumo da substância, passam a urinar em uma frequência maior.

Afinal, a creatina faz urina muito? Sim ou não?

O que é a creatina?

A creatina é um suplemento alimentar, consumido em grande escala por praticantes de musculação. Como substância em si, é a junção de três aminoácidos importantes para o corpo, glicina, metionina e arginina. Pode ser encontrada em grande parte dos alimentos de origem animal, além de ser sintetizada em pequenas quantidades pelo organismo humano.

Como suplemento alimentar, o principal objetivo da creatina é oferecer mais energia para os seus consumidores. A creatina possui um grupo fosfato (por esse motivo, seu nome real é fosfocreatina). É exatamente esse grupo que o ATP – molécula responsável por fornecer energia para o nosso organismo – perde quando participa da reação que libera energia em outras formas (como a cinética, no caso desta ser destinada para andarmos, por exemplo).

Quando perde um grupo fosfato, o ATP passa a ser ADP, que é uma molécula inútil para o organismo. Na presença de fosfocreatina, esta doa um grupo fosfato para o ADP, transformando-o de volta em ATP. Dessa forma, a molécula pode gerar energia mais uma vez.

Creatina faz urinar muito? Sim ou não?

Os efeitos colaterais de um suplemento alimentar podem variar muito de pessoa para pessoa. Isso se deve ao fato de que cada organismo se comporta de maneira diferente a certos estímulos, e nem todos sentem os mesmos efeitos.

Diretamente, a creatina não aumenta a frequência urinária. Acontece que, quando doa um grupo fosfato para a molécula ADP, é transformada em creatinina. Esta, por sua vez, é inútil ao organismo e deve ser eliminada pela urina. A partir do momento que muita creatinina se deposita no sistema urinário, o corpo pede água para conseguir elimina-lo da maneira correta.

Sendo assim, o indivíduo que consome creatina naturalmente bebe mais água. Por esse motivo, é comum urinar com mais frequência, principalmente nos primeiros dias e na primeira semana de consumo.

Com o passar do tempo, o corpo irá se acostumar àquela quantidade de água, fazendo com que você passe a ir menos vezes no banheiro, mas haja uma eliminação maior de urina a cada vez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

All search results